MOODLE é o acrónimo de “Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment“, um software livre, de apoio à aprendizagem, executado num ambiente virtual (ver ambiente virtual de aprendizagem). A expressão designa ainda o Learning Management System (Sistema de gestão da aprendizagem) em trabalho colaborativo baseado nesse software ou plataforma, acessível através da Internet ou de rede local. Em linguagem coloquial, em língua inglesa o verbo “to moodle” descreve o processo de navegar despretensiosamente por algo, enquanto fazem-se outras coisas ao mesmo tempo.

Utilizado principalmente num contexto de e-learning ou b-learning, o programa permite a criação de cursos “on-line“, páginas de disciplinas, grupos de trabalho e comunidades de aprendizagem, estando disponível em 75 línguas diferentes. Conta com 25.000 websites registrados, em mais de 175 países.

Faça um teste no Moodle do NEaD

Utilização

Muitas instituições de ensino (básico e superior) e centros de formação estão adaptando a plataforma aos próprios conteúdos, com sucesso, não apenas para cursos totalmente virtuais, mas também como apoio aos cursos presenciais. A plataforma também vem sendo utilizada para outros tipos de atividades que envolvem formação de grupos de estudo, treinamento de professores e até desenvolvimento de projetos. Muito usado também na Educação a distância. Outros sectores, não ligados à educação, também utilizam o Moodle, como por exemplo, empresas privadas, ONGs e grupos independentes que necessitam interagir colaborativamente na Internet.

Os cursos Moodle podem ser configurados em três formatos, de acordo com a atividade a ser desenvolvida:

  • Formato Social – em que o tema é articulado em torno de um fórum publicado na página principal;
  • Formato Semanal – no qual o curso é organizado em semanas, com datas de início e fim;
  • Formato em Tópicos – onde cada assunto a ser discutido representa um tópico, sem limite de tempo pré-definido.

A plataforma Moodle apresenta como pontos fortes, quando utilizado para o ensino:

  • Aumento da motivação dos alunos;
  • Maior facilidade na produção e distribuição de conteúdos;
  • Partilha de conteúdos entre instituições;
  • Gestão total do ambiente virtual de aprendizagem;
  • Realização de avaliações de alunos;
  • Suporte tecnológico para a disponibilização de conteúdos de acordo com um modelo pedagógico e design institucional;
  • Controlo de acessos;
  • Atribuição de notas.

A plataforma permite a transmissão e organização dos conteúdos de materiais de apoio às aulas, pelo fato de ser uma ferramenta que permite produzir cursos e páginas da Web, facilita a comunicação (síncrona ou assíncrona), possibilitando contribuir para um padrão superior quer no ensino presencial, quer no ensino a distância

Os recursos disponíveis para o desenvolvimento das atividades são:

  • Materiais estáticos (ex.: páginas de texto, páginas de texto Web, apontadores para ficheiros ou páginas Web, conteúdos de pastas)
  • Materiais dinâmicos (atividades):
    • Avaliação do Curso
    • Chat
    • Diálogo
    • Diário
    • Fórum
    • Glossário – utilizado para descrever termos e respectivas definições, ligados à disciplina.
    • Lição
    • Pesquisa de Opinião (referendo)
    • Questionário – com questões de diversos tipos (escolha múltipla, verdadeiro ou falso, resposta curta, comparação) pode ser respondido on-line pelos alunos, permitindo-lhes ver qual a sua classificação.
    • SCORM
    • Tarefa – atividade proposta pelo professor/formador aos alunos
    • Trabalho com Revisão – o professor/formador tem acesso a trabalhos enviados pelos alunos, pode avaliá-los e comentá-los.
    • Wiki
    • Livro – permite disponibilizar um livro eletrônico criado pelo professor, e que pode ser constituído por vários capítulos, dispostos em dois níveis diferentes.

Principais características

Os materiais dinâmicos (atividades) disponibilizados pelo professor/formador constituem a grande mais-valia do Moodle, uma vez que permitem a interação entre o professor/formador e os alunos.

  • Fóruns – locais de debate, partilha de ideias e esclarecimento de dúvidas;
  • Gestão de conteúdos (Recursos)
  • Questionários e pesquisas com diversos formatos
  • Blogs
  • Wikis
  • Geração e gestão de Base de Dados
  • Sondagens
  • Chats – salas de conversação entre os utilizadores; podem ser utilizadas para conversação em tempo real.
  • Glossários
  • Peer assessment
  • Pesquisa de avaliação:
    • ATTLS
    • COLLES
    • Incidentes criticos
  • Suporte multi-idioma (mais de 75 idiomas são suportados pelo interface actual).
  • Suporte de Gestão através de análises de gráficos interativos online para questionários prepostos;